Dicas

Vai comprar sua casa própria? Fique atento às taxas extras!

05/07/2016 blog hs consorcios

Comprar a sua casa própria pode ser a realização de um sonho, mas existem algumas decisões importantes a serem tomadas antes de começar a procura. Muitas pessoas estabelecem um valor máximo que pagariam pelo imóvel e esquecem todas as taxas que envolvem a negociação. Isso pode ser muito prejudicial para você, já que essas taxas podem chegar a 5% do valor do imóvel. Na compra de um apartamento avaliado em R$350.000, por exemplo, essas taxas podem representar até R$17.500.

Para que isso não aconteça e você esteja 100% preparado para todos os valores envolvidos na compra do seu imóvel, conheça as taxas envolvidas na negociação:

Escritura pública – Essa taxa emitida pelo cartório também varia de Estado para Estado e de acordo com o preço do imóvel, e só é paga por quem compra o imóvel à vista. Funciona como um contrato entre comprador e vendedor. No mesmo exemplo citado acima, esse valor ficaria em R$1.978,86.

Registro do imóvel – O Registro é emitido pelo tabelionato depois da escritura pública e comprova por lei quem é o proprietário do imóvel. O valor pode variar dependendo do Estado onde o imóvel se encontra e do seu preço. Em São Paulo, por exemplo, uma casa avaliada em R$350.000,00 terá um valor de registro igual a R$3.231,72.

Imposto de Transmissão de Bens Imóveis (ITBI) – Esse valor é cobrado pela prefeitura na compra de qualquer imóvel e varia muito de cidade para cidade. Geralmente, gira em torno de 2-3% do valor do imóvel.
É claro que a HS Consórcios pensou em tudo isso quando criou o consórcio de imóveis para você. Aqui, quando você é contemplado, pode usar a sua carta de crédito para pagar uma porcentagem das taxas extras do seu imóvel. Mas não se esqueça de acrescentar esse valor quando decidir o valor de contemplação na hora de fazer o seu consórcio.